Sugestões de Jogos e Brincadeiras na Educação Infantil

Para quem trabalha com educação infantil, é claro qua a brincadeira é uma fonte de prazer no di-a-dia das crianças. Mas o brincar também tem outras importantes funções no desenvolvimento infantil.
Este texto aborda as funções da brincadeira durante a infância e sua importância para o desenvolvimento de processos psíquicos, como por exemplo, a imaginação, a linguagem, o pensamento e a memória. A autora também apresenta propostas de atividades que enfatizam o valor do brincar e do movimento para a faixa etária de zero a seis anos.

"Brincar é uma atividade universal, encontrada nos vários grupos humanos, em diferentes periodos históricos e estágios de desenvolvimento econômico. Evidentemente, as várias modalidades lúdicas não existem em todas as épocas mas também não permanecem imútaveis através dos tempos. Como toda atividade humana, o brincar se constitiu na interação de vários que marcam determinado momento histórico sendo transformado pela própria ação dos individuos e por suas produções cultural e tecnológica, os jogos e as brincadeiras são assim transformados continuamente ."
"A criança brinca para conhecer-se a si própria e aos outros em suas relações recíprocas, para aprender as formas sociais de comportamento, os hábitos determinados pela cultura; para conhecer os objetos em seu contexto, ou seja, o uso cultural dos objetos; para desenvolver a linguagem e a narrativa; para trabalhar com o imaginário; para conhecer os eventos e fenômenos que ocorrem a sua volta."
"A realização de de jogos e brincadeiras na primeia infância envolve naturalmente o movimento, que vai dominar como componente, pois através dele a criança se coloca no meio, inteirando-se com os objetos, com as pessoas, explorando seu próprio, o espaço físico. Uma das funções da brincadeira é permitir à criança o exercicio do movimento.(...) O movimento tem, assim, relevância destacada na infância, pois ele serve para a criança se relacionar com o outro, explorar o espaço - situando-se nele -, bem como os objetos e o próprio corpo."


Sugestões de Jogos e Brincadeiras:
Jogos Motores

1- Lobos e Carneirinhos
Formação: traçar no chão duas linhas afastadas cerca de 20 metros uma da outra. As crianças são divididas em dois grupos: lobos e carneirinhos. Cada grupo se coloca atrás de uma linha. O grupo dos lobos fica de costas para o grupo dos carneirinhos.
Desenvolvimento: Ao sinal do professor, os carneirinhos saem a caminhar, o mais silenciosamente possível, em direção aos lobos. Quando estiverem bem próximo deles professor diz: "Cuidado com os lobos"! Estes, então, voltam-se rapidamente e partem em perseguição aos carneirinhos. Os carneirinhos apanhados antes de alcançar a linha original (de onde vieram) passam a ser lobos. Na repetição da brincadeira invertem-se os papéis.
Sugestão: Antes de proporcionar esta brincadeira, é interessante que se explore o que se sabe e se dicuta sobre esses animais: Como são? Quem já viu um carneirinho? Quem já viu um lobo? Onde? Quando? Se viu, o que achou do animal? Vamos imitar o lobo? Vamos imitar um carneirinho?
O professor deve explorar o tem de acordo com o interesse da criança.
2- Onça Dorminhoca
Formação: Formar com os alunos uma roda grande. Cada criança dentro de um pequeno círculo desenhado sob os pés, exceto uma que ficará no centro da roda, deitada de olhos fechados. Ela é a onça dorminhoca.
Desenvolvimento: Todos os jogadores andam a vontade, saindo de seus lugares, exceto a onça dorminhoca que continua dormindo. Eles deverão desafiar a onça gritando-lhe: "Onça dorminhoca"! Inesperadamente a onça acorda e corre para pegar um dos lugares assinalados no chão. Todas as outras crianças procuram fazer o mesmo. Quem ficar sem lugar será a nova onça dominhoca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário